segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Manifesto de repúdio à violência em São Paulo e solidariedade às famílias vitimadas

Click no texto para ampliar !

SEIS AULAS DE GESTÃO ESTRATÉGICA...


AULA 1

Um corvo está sentado numa árvore o dia inteiro sem fazer nada. Um pequeno coelho vê o corvo e pergunta:
- Eu posso sentar como você e não fazer nada o dia inteiro?
O corvo responde:
- Claro, porque não?
O coelho senta no chão embaixo da árvore e relaxa. De repente uma raposa aparece e come o coelho.

Conclusão: *Para ficar sentado sem fazer nada, você deve estar no topo*. 
 

AULA 2


Na África todas as manhãs o veadinho acorda sabendo que deverá conseguir correr mais do que o leão se quiser se manter vivo.
Todas as manhãs o leão acorda sabendo que deverá correr mais que o veadinho se não quiser morrer de fome.

Conclusão: *Não faz diferença se você é veadinho ou leão, quando o sol nascer você tem que começar a correr.* 
 

AULA 3


Dois funcionários e o gerente de uma empresa saem para almoçar e na rua encontram uma antiga lâmpada a óleo.
Eles esfregam a lâmpada e de dentro dela sai um gênio.
O gênio diz:
- Eu só posso conceder três desejos, então, concederei um a cada um de vocês!
- Eu primeiro, eu primeiro. ' grita um dos funcionários!!!!
- Eu quero estar nas Bahamas dirigindo um barco, sem ter nenhuma preocupação na vida '... Pufff e ele foi.
O outro funcionário se apressa a fazer o seu pedido:
- Eu quero estar no Havaí, com o amor da minha vida e um provimento interminável de pina coladas! Puff, e ele se foi.
- Agora você - diz o gênio para o gerente.
- Eu quero aqueles dois de volta ao escritório logo depois do almoço para uma reunião!

Conclusão: *Deixe sempre o seu chefe falar primeiro*.

 

AULA 4


Um padre está dirigindo por uma estrada quando um vê uma freira em pé no acostamento.
Ele para e oferece uma carona que a freira aceita.
Ela entra no carro, cruza as pernas revelando suas lindas pernas.
O padre se descontrola e quase bate com o carro.
Depois de conseguir controlar o carro e evitar acidente ele não resiste e coloca a mão na perna da freira.
A freira olha para ele e diz:
- Padre, lembre-se do Salmo 129!
O padre sem graça se desculpa:
- Desculpe Irmã, a carne é fraca... E tira a mão da perna da freira.
Mais uma vez a freira diz:
- Padre, lembre-se do Salmo 129!
Chegando ao seu destino a freira agradece e, com um sorriso enigmático, desce do carro e entra no convento.
Assim que chega à igreja o padre corre para as Escrituras para ler o Salmo 129, que diz: 'Vá em frente, persista, mais acima encontrarás a glória do paraíso'.

Conclusão: *Se você não está bem informado sobre o seu trabalho, você pode perder excelentes oportunidades*
 

AULA 5 


Um homem está entrando no chuveiro enquanto sua mulher acaba de sair e está se enxugando.
A campainha da porta toca.
Depois de alguns segundos de discussão para ver quem iria atender a porta a mulher desiste, se enrola na toalha e desce as escadas.
Quando ela abre a porta, vê o vizinho Nestor em pé na soleira. Antes que ela possa dizer qualquer coisa, Nestor diz:
- Eu lhe dou 3.000 reais se você deixar cair esta toalha!
Depois de pensar por alguns segundos, a mulher deixa a toalha cair e fica nua.
Nestor então entrega a ela os 3.000 reais prometidos e vai embora.
Confusa, mas excitada com sua sorte, a mulher se enrola de novo na toalha e volta para o quarto.
Quando ela entra no quarto, o marido grita do chuveiro:
- Quem era?
- Era o Nestor, o vizinho da casa ao lado, diz ela.
- Ótimo! Ele lhe deu os 3.000 reais que ele estava me devendo?

Conclusão: *Se você compartilha informações a tempo, você pode prevenir exposições desnecessárias*

AULA 6


Um fazendeiro resolve colher algumas frutas em sua propriedade, pega um balde vazio e segue rumo às árvores frutíferas.
No caminho ao passar por uma lagoa, ouve vozes femininas e acha que provavelmente algumas mulheres invadiram suas terras.
Ao se aproximar lentamente, observa várias belas garotas nuas se banhando na lagoa.
Quando elas percebem a sua presença, nadam até a parte mais profunda da lagoa e gritam:
- Nós não vamos sair daqui enquanto você não deixar de nos espiar e for embora.
O fazendeiro responde:
- Eu não vim aqui para espiar vocês, eu só vim alimentar os jacarés!

Conclusão: *A criatividade é o que faz a diferença na hora de atingirmos nossos objetivos mais rapidamente*.

terça-feira, 23 de outubro de 2012

CPI em Analândia !

Os vereadores Rodrigo Balerini, Adriano Bezerra  e Luis Carlos dos Santos de Analândia pedem abertura de CPI para apurar denuncias de irregularidades na obra da praça Antonio Moura .
Os vereadores receberam da Ong Amasa um laudo parcial da obra contendo 44 páginas onde se levanta várias irregularidades na construção. O edital 13 de 14 de fevereiro de 2012 está sendo descumprido. O laudo contém análise da USP de São Carlos que atesta a má qualidade dos materiais usados, o  que se caracteriza dano aos erário público!
Vereador Luis Carlos dos Santos com pedido da CPI instaurada !
A má qualidade da obra chamou atenção dos populares e da associação de moradores Amasa, que contratou especialista no assunto para apurar o que realmente está ocorrendo.

A USP de São Carlos forneceu laudo atestando que o material utilizado estava em desconformidade como edital de licitação 13 de 2012.
Um ponto que esta sendo levantado é o possível superfaturamento da obra que custará mais de R$ 700.000 e está sendo executado por pedreiros de São Carlos.
A CPI foi instaurada e os vereadores nomeados são Adriano bezerra, Antonio Cavalcante e Angelo Antonio Bueno.
É isso ai, o controle social funciona muito bem e somente com ele teremos uma Analândia melhor e eficiente!



domingo, 21 de outubro de 2012

Mais um elefante branco !

A Ong Amasa está trabalhando como nunca, Analândia estará sendo monitorada e fiscalizada. Venham unir-se a nós e ajudar a fazer uma cidade justa e com mais oportunidades ! 


 Você sabia que a prefeitura de nossa cidade gastou R$ 200.000 na construção deste aterro sanitário? E não utiliza! Agora para piorar a situação está tentando aterrá-lo, talvez para mascarar ou enganar a justiça e continuar gastando mais de R$ 500.000 ( meio milhão de reais ) com transporte para Guatapará?
Veja foto da vala que nunca foi usada! Este mês foi colocado mais de 50 ton de areia na vala! Para que?

Isso é mais um crime!




Acusado de mandar matar vereador será julgado por tribunal em Itirapina

Vereador de Analândia,SP, Evaldo Nalim, foi morto em outubro de 2010. Luiz Carlos Perin, o Chiba, responde por acusação em liberdade.


O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ- SP) divulgou nesta quinta-feira (18) que Luiz Carlos Perin, o Chiba, acusado de mandar matar o vereador de Analândia Evaldo Nalim, em outubro de 2010, será julgado pelo Tribunal do Júri de Itirapina (SP).

Perin, que responde ao processo em liberdade, nega participação no crime. Ele ficou seis meses preso, mas foi solto em abril do ano passado. Ele também é acusado de intimidar testemunhas do caso.

Relembre o caso

O vereador José Evaldo Nalin foi morto em casa quando dois homens chegaram em uma moto e dispararam sete vezes.

A polícia acredita que o assassinato teve motivação política, já que Nalin dizia que recebia ameaças depois de ter feito denúncias de irregularidades na prefeitura.

Em um áudio gravado durante uma sessão da Câmara de Vereadores, a vítima disse que uma das ameaças foi feita pelo ex-prefeito José Roberto Perin, irmão de Luiz Carlos Perin.

O suspeito do assassinato, André Picante, morreu em janeiro de 2011, após ser atropelado por um carro em uma rodovia próxima a Carapucuíba, na região metropolitana da capital paulista.

Fonte: G1 São Carlos e Araraquara

quinta-feira, 18 de outubro de 2012

M.P investiga transferencias de titulos em Analândia !



CHIBA SERÁ LEVADO A JULGAMENTO PELO TRIBUNAL DO JÚRI

Ele é acusado de pagar os executores do Vereadores Evaldo José Nalin, de Analândia (SP)


Na data hoje, 18/10/2012, o Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, nos autos do recurso de apelação nº 0007040-14.2010.8.26.0283, deu provimento aos recursos de apelação interpostos pelo Ministério Público e pelo assistente de acusação para pronunciar o réu Luiz Carlos Perin, vulgo "Chiba", como mandante da morte do ex-vereador Evaldo Joé Nalim, de Analândia (SP). Significa que o Tribunal de Justiça acolheu a tese da acusação e decidiu que o réu Luiz Carlos Perin vai ser levado a julgamento pelo Tribunal do Júri de Rio Claro (SP) pela prática de homicídio triplamente qualificado em face da morte do combativo vereador Nalim.

Diferentemente do que é noticiado na cidade de Analândia (SP) por algumas pessoas desinformadas, o acusado Chiba tanto não foi absolvido que será levado a julgamento pelo Tribunal do Júri como mandante da morte do vereador Nalim, que foi morto de maneira covarde, com sete tiros, quatro deles na cabeça, por combater a corrupção no município de Analândia. 

O julgamento proferido pelos Desembargadores do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo foi unânime. 

A ONG AMASA acompanhará de perto o julgamento do acusado CHIBA.


Malala, a menina que sonhava ir para a escola

Paquistanesa de 14 anos que se tornou ícone do direito à educação após ser baleada pelo Taleban falava em criar partido político

14 de outubro de 2012 | 3h 08

ADRIANA CARRANCA - O Estado de S.Paulo
"Eu quero receber educação e me tornar médica." A frase soaria natural para a maioria das meninas de sua idade, mas para Malala Yousafzai tinha a dimensão de um sonho. Tão grande que ela não consegue articular as palavras. Engasga, leva as mãozinhas até o rosto, emoldurado por um hijab cor de rosa, e chora.
A primeira cena do documentário filmado em 2009 por uma equipe do New York Times resume quem é a paquistanesa que aos 14 anos se tornou ícone do direito à educação feminina e do sofrimento cotidiano vivido por mulheres no Vale do Swat, na fronteira montanhosa e tribal entre Paquistão e Afeganistão: Malala é uma menina que queria ir para a escola. Mas no lugar onde vive isso pode lhe custar a vida.
Na segunda-feira, ela voltava para casa quando homens barbudos e armados pararam o ônibus escolar em que viajava. Perguntaram por Malala. Quando uma colega de classe apontou para ela, atiraram. Uma bala atingiu a cabeça da menina e alojou-se no pescoço. No assento ensanguentado do ônibus, a jovem deixou para trás a sacola com a foto do protagonista de Harry Potter em que carregava seus livros.
A evolução do estado clínico de Malala nas próximas 24 horas dirá se ela ficará viva ou não. "Desde que a tragédia ocorreu, o pai não deixa o hospital, não sai do lado do leito da filha", disse ao Estado o escritor paquistanês Mohammed Hanif, amigo da família.
Poeta, educador, dono de uma escola mista de ensino médio, Zia-ud-Din Yousafzai sente culpa. "Ele sempre foi um defensor, um apaixonado por educação e transmitiu essa paixão à filha", conta Hanif. Yousafzai dizia que se fosse morto por educar crianças, "não haveria forma melhor de morrer". Só não esperava que o alvo seria Malala.
Pai e filha têm uma relação especial. É com ela, e não com os dois filhos, que Yousafzai discute política. Os irmãos vão dormir e ela fica para ouvi-lo. A luta para educar a menina e manter a escola começou em 2007, quando o Tehrik-i-Taliban, o Taleban paquistanês, infiltrou-se em Mingora, a maior cidade da região, às margens do Rio Swat, onde vive a família. Entre março daquele ano e maio de 2009, destruíram mais de 400 escolas, algumas incendiadas, baniram as mulheres da vida social e aterrorizavam a população com execuções públicas e ameaças transmitidas por rádios clandestinas.
No rádio Yousafzai ouviu o ultimato para fechar as portas. Sua turma havia se reduzido a 15% porque as famílias temiam mandar os filhos à aula. Malala mudava o caminho todos os dias, escondia os livros sob a roupa mas não deixou os estudos.
Seu esforço saiu do anonimato com o documentário do NYT. Ela passou a escrever um blog para a BBC urdu sobre o cotidiano no Vale do Swat - "Diário de uma estudante paquistanesa". Por segurança, assinava Gul Makai.
"Àquela altura, ela já havia se tornado um ícone para as meninas da região. Todos sabiam quem era", conta Hanif. "Ela falava abertamente contra o Taleban, algo que nem políticos paquistaneses fazem, por medo."
Malala ganhou prêmios, fama e conseguiu das autoridades melhorias para escolas da região. Em dezembro, recebeu do primeiro-ministro Yousaf Paza Gilano o Prêmio Nacional da Paz - rebatizado com seu nome, assim como o colégio onde estuda. Na cerimônia, revelou o desejo de formar um partido político para defender a educação. Para o Taleban, estava indo longe demais.
"Malala sempre foi aquela menina que cresceria para trazer mudanças, para fazer a diferença. Era a única que ousava falar contra o Taleban", diz Samar Sezapsai, fundadora da Organização de Mulheres Pashtun - etnia de Malala e do Taleban.
Seu blog era a única janela para o cotidiano da guerra entre o Taleban e as Forças Armadas. Relatava o barulho da artilharia, corpos deixados nas ruas, o temor no trajeto à escola. "No caminho, ouvi um homem dizer: 'Vou matar você!' Apressei o passo... Para meu alívio, ele estava no celular e ameaçava alguém do outro lado da linha", escreveu em 3 de janeiro de 2009. "Eu vestia meu uniforme quando lembrei que o reitor disse para usarmos roupas comuns (por segurança). Escolhi meu vestido cor de rosa favorito, mas fomos alertadas a não usar cor, uma objeção do Taleban", contou dias depois. Em um dos últimos posts, previa: "É possível que eu nunca mais possa ir à escola."

quarta-feira, 17 de outubro de 2012

O dia que Analândia andou !


Rogério Ulson é eleito prefeito de Analândia com 58,29% dos votos.

Notícia publicada em 10/10/2012 - 10:07 - Autor: Administrador

Sabe aquela música do Raul Seixas que diz “ o dia em que a terra parou” foi exatamente isso que aconteceu na pequena cidade do interior de São Paulo, Analândia.
A cidade toda se uniu numa luta memorável e provou a força de seu povo.
Gritos de liberdade e vitória ecoavam por todos os cantos, emocionados os cidadãos analandenses só tinham o que comemorar.
Após 20 anos de perseguições e ameaças o povo num bravo ato de coragem elegeram seu novo prefeito e tiraram do poder a família Perin.
Parecia final de copa do mundo, muita alegria, festa e esperança pairavam sobre a cidade.
Após a vitória avassaladora de Rogério Ulson (PMDB) a cidade continua em festa.
Desabafo nas redes sociais de perseguições e ameaças sofridas pelo atual chefe de gabinete e ex prefeito Beto Perin (DEM) tornaram-se frequentes, a vitória trouxe coragem e liberdade de expressão aos moradores.
Rogério Ulson é ararense e filho do casal Edmundo Ulson, já falecido, e da professora Maria Terezinha Pires Barbosa Ulson, casal fundador da Unar ( Centro Universitario Edmundo Ulson). Tem como formação acadêmica medicina.
“Sou de Araras, e meu primeiro contato com Analândia foi através da minha candidatura a deputado estadual em 2006, fui o segundo mais votado na cidade. Desta maneira me projetei politicamente e fui me interessando pelos problemas da cidade e a busca pelo desenvolvimento, me candidatei a prefeito em 2008 e fiquei logo atrás o atual prefeito Luiz (DEM). A partir disto minha luta em Analandia foi constante. Acredito muito nesta cidade que me acolheu.” Relata o prefeito eleito para o Portal Onis.




terça-feira, 9 de outubro de 2012

Sessão Câmara ! 09-10-12

Hoje fazem 2 anos que o Nalin foi executado ! São 731 dias de muita tristeza e dor a todos, como ironia 731 foi a diferença de votos que Rogério Ulson recebeu a mais nas urnas !
Forte policiamento garantiu a segurança para receber o prefeito eleito Rogério Ulson! Tudo transcorreu bem!
Prefeito eleito Rogério Ulson foi aplaudio por todos o então presidente da câmara João Sodelli desejou 4 anos de sucesso ao novo prefeito e disse que pretende trabalhar junto para o bem de Analândia ! Rogério disse que já esta trabalhando, esta montando projetos, ouvindo o que o povo quer, irá traçar metas, a prioridade é melhorar a qualidade de vida do cidadão analandense, frisou o novo administrador eleito pelo voto! A alegria é contagiante !

O povo tomou conta das ruas e da sessão da câmara.As ruas tiveram que ser isoladas para evitar acidentes !
Os quatro vereadores eleitos comemoram com o V da vitória! Parabéns e desejamos que façam um ótimo mandato!
Vereador Bueno não foi reeleito!
Vereador Diego não foi reeleito!
Rodrigo Balerini agradeceu a grande votação que teve mas urnas e fez um discurso emocionante!
Câmara a casa do Povo! Teremos 4 anos de muito trabalho, justiça e progresso!
Fabio Oliva e Paulo estiveram na sessão e acompanharam de perto os acontecimentos ! O analandense também conhecido por PB veio diretamente de Portugual onde trabalha para votar e acompanhar esta mudança tão necessária para Analândia !
Discurso do vereador reeleito Rodrigo Tendolini Balerini !
Sejam minhas primeiras palavras de agradecimento ao bom e generoso povo de Analândia.

Quero em meu nome e em nome de Rogério Ulson e Jairo Mascia, deixar registrado aqui, nos anais desta Casa, os mais sinceros agradecimentos à gente honesta e trabalhadora dessa terra abençoada.

A esperança de dias melhores, de dias de paz e de Justiça deu a Rogério Ulson e Jairo Mascia a maior vitória eleitoral já obtida por um candidato sobre seu adversário na história de Analândia.

E vejam como é o destino. Hoje completa dois anos que o Vereador Nalin foi covardemente executado

Foram 731 votos de diferença.

Nunca antes na história de Analândia isso havia acontecido.

Meu especial agradecimento aos 253 eleitores que me honraram com a sua confiança. Isso só demonstrou que a maledicência de alguns desta Casa de nada adiantou.

Também não adiantaram os eleitores fantasmas. Não adiantou a compra de votos. Não adiantou a doação de cestas básicas e combustível. Principalmente, não adiantou a entrega de dinheiro dentro de banheiro público.

Tonho, de Ribeirão Bonito, mostrou-se o pior cabo eleitoral de que se tem notícia nesse município.

Não posso deixar de agradecer a ONG AMASA.

Essa bela lição de democracia dada em Analândia neste domingo deve-se em grande parte ao incansável trabalho de vocês da ONG.

Mesmo diante dos inúmeros obstáculos, vocês tiveram a sabedoria de prosseguir nessa nobre e árdua missão de combater a corrupção e alertar a população dos malefícios que ela ocasiona no meio social.

O povo entendeu a mensagem e quis uma Analândia legal. Uma Analândia livre de ameaças e perseguições. Livre dos deboches e das chacotas.

A “onguinha” fez a diferença. Aqueles que antes debochavam, hoje estão pálidos de vergonha.

O que aconteceu em Analândia é bíblico. Não há mal que sempre dure!!!

Depois da tempestade sempre vem a bonança!! 

Incompreendidos por muitos quando do seu nascedouro, a ONG agora é aclamada por todos como grande idealizadora dessa mudança ao final dessa batalha democrática.

PARABÉNS POVO DE ANALÂNDIA!

Vamos avante!!





UM TRIBUTO À LIBERDADE E ALGUNS DE SEUS PERSONAGENS

Fábio Oliva

Analândia dormiu em paz e acordou festa.

Não é para menos. Gritos de liberdade ecoam por toda a cidade. O espocar de rojões também.

Depois de quase vinte anos vivendo sob os signos do medo, da perseguição e da humilhação, a cidade e o município estão libertos de um ditador e sua família.

A diferença entre o que aconteceu ontem em Analândia e o que aconteceu com o ditador líbio Muamar Kadafi é que na Líbia houve banho de sangue, aqui tudo transcorreu na paz.

Mas tanto o que aconteceu em Analândia quanto o que ocorreu na Líbia e está se repetindo em várias ditaduras mundo afora encerra uma lição insofismável: O povo, unido, jamais será vencido!

Até o gorjear dos passarinhos hoje cedo, na praça central de Analândia, parecia mais melódico e mais bonito. O sorriso no rosto das pessoas está diferente, mais largo, mais satisfeito.

É um sorriso de liberdade. E parafraseando o refrão do enredo de uma famosa escola de samba, pode-se dizer que “a liberdade abriu as asas sobre nós”.

Ouso dizer que tenho duas certezas: Analândia nunca mais será a mesma. De agora em diante, será muito melhor. E a família de ditadores agora alijada do poder, não voltará ao poder nunca mais.

A vitória de ontem em Analândia foi a vitória de todo um povo. Muitos contribuíram e tiveram papel decisivo para essa vitória. Mas Analândia deve e precisa reconhecer que essa luta começou lá atrás, com a criação da “onguinha”, como dizia o ditador-mor em tom de deboche, do alto de sua arrogância e prepotência.

A criação da organização não governamental de combate à corrupção AMASA – Amigos Associados de Analândia foi fundamental para investigar e mostrar à população que as obras de péssima qualidade, o caos em todos os serviços públicos (da saúde à limpeza pública), tinha uma única razão de ser: a corrupção.

Também não poderia deixar de reconhecer e render minha homenagem aqui, nesse singular momento de felicidade, ao casal Vanderlei e Kátia Vivaldini, que me buscou em Brasília (DF) para eu dar minha pequena colaboração nesse processo de mudança, sacrificou recursos próprios e correu toda espécie de risco, inclusive o de morte. Kátia e Vanderlei, saiba que vocês também são pilares dessa transformação.

Mesmo correndo o risco de cometer alguma imperdoável omissão, não posso deixar de mencionar também outros personagens que, como membros da ONG Amasa, escreveram seu nome nessa nova história de Analândia e tiveram a coragem de figurar como autores de diversas ações populares: Sônia Maria Dotta, Maura Estela Pezzan, Dalva Aparecida Garci, Mariza Muno de Mattos, José Luiz Vivaldini, Antônia Sodelli Graber, Edgar Alves Bastos, Joldázio Jandyr Marchizeli, Zuleica Marchizeli Canelo e tantos outros.

Em nome de cada um dos moradores de Analândia eu lhes digo: Muito obrigado a vocês.

O “mineirinho comedor de queijo” volta para casa imensamente feliz. E leva na bagagem do coração um grande número de amigos analandenses

ANALÂNDIA É NOSSA!!!



Há 4 anos atrás, nesse mesmo período, o clima de Analândia era muito diferente de hoje. Tirando poucas pessoas da cidade, a maioria vivia com medo, quase não se falava de política, apenas com quem se confiava muito. Existia perseguição, intimidação, e as pessoas continuavam seguindo ou se anulando diante uma ditadura mascarada em falsos favores ou diante as grades invisíveis do medo, aprisionadas na certeza de que Analândia não tinha mais salvação. 
Animais assassinados para intimidar as pessoas, assaltos forjados, tiros em pessoas, ameaças sérias e até o assassinato de um vereador.
Dessa vez o que vi há apenas 1 dia da eleição municipal de 2012, foi pessoas livres, mostrando a cara e lutando para recuperar o que nunca deixou de pertencê-las, a sua CIDADE e em alguns casos, as rédeas da própria vida. 
De cara limpa, coração aberto e armado pela esperança de conquistar a liberdade, o povo sai às ruas vitorioso e entusiasmado, mostrando ao "dono" da cidade que o poder está nas mãos do povo, um povo cansado dos desmandos do povo"império cor-de-rosa" que há quase 20 anos tirou o sossego, a liberdade e a beleza de uma cidade.O sorriso no rosto de cada um, que engajado na mesma causa se levanta,se organiza e se defende, é algo inexplicável.Chega a arrepiar até mesmo aqueles que não acompanharam todo esse período.Me orgulho muito desse povo guerreiro,que mesmo diante a apatia de alguns e do conformismo e cumplicidade de outros, hoje mostram a garra de um povo consciente, responsável e capaz de mudar essa situação, que sabem que a luta está apenas começando, mas que jamais abandonarão nossa cidade.
Eu vi nesses últimos dias uma alegria infinita, algo que não consigo descrever. Era tanta gente feliz, rindo a toa, chorando igual a uma criança, dançando, cantando, gritando... Acredito que tudo que foi reprimido durante esses 20 anos foi colocado pra fora no momento da comemoração.
Eu vi pessoas reunidas, organizadas, lideradas por um sentimento único, o sentimento de LIBERDADE!!! 
Passamos de momentos tensos, para a ansiedade dos resultados das urnas até a euforia exacerbada...
A única certeza que tenho hoje, é que a esperança de um povo jamais será abalada!!! A força desse povo jamais será esquecida!!! E a conquista foi muito digna!!!
É dessa gente do bem que me orgulho e que vou carregar sempre comigo na memória. É essa gente que no domingo após a eleição mostrou ainda mais a força e coragem que tem. É essa gente que é verdadeira "dona" da sua cidade, das suas vontades e da capacidade de mudança. É essa gente que vai sair vitoriosa! Unidos somos mais fortes e juntos somos indestrutíveis!!! 
Sabemos que a luta está apenas começando. Independente da situação, agora mais que nunca precisamos manter a fiscalização e o controle para que não haja novamente um "roubo" dos nossos direitos, dos nossos deveres e acima de tudo da nossa cidade. Vamos continuar nosso trabalho para construirmos uma cidade melhor!!!
Parabéns a todos pela vitória!!! E não esqueçam nunca: ANALÂNDIA É NOSSA!!!

Liana Morisco



segunda-feira, 8 de outubro de 2012


Ararense Rogério Ulson é eleito prefeito de Analândia

Rogério Ulson, ararense, eleito prefeito de Analândia

O empresário ararense Rogério Ulson foi eleito prefeito de Analândia, que fica a cerca de 75 quilômetros de Araras. Segundo o Censo 2010 do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), Analândia, que é uma estância climática conhecida pelos amantes do ecoturismo, tem 4.293 habitantes. Ele teve 2.569 votos, ou 58,29% dos votos válidos.
O ararense, filho do empresário Edmundo Ulson, já falecido, e da professora Maria Terezinha Pires Barbosa Ulson, casal fundador e por anos à frente da Unar (Centro Universitário Edmundo Ulson), concorria ao cargo pelo PMDB, tendo como vice Jairo Mascia, do mesmo partido.
Ulson teve como adversário o ex-prefeito de Analândia, Beto Perin (DEM), que teve 1.838 votos ou 41,71% dos votos válidos.
O ararense decidiu disputar a Prefeitura de Analândia após ser candidato a deputado estadual em 2006. “Fui o segundo mais votado na cidade naquela época, o que me projetou politicamente. Além disso, nossa família tem uma propriedade rural próxima e gostamos muito da cidade”, afirmou. Ele disputou a eleição para prefeito em 2008 e perdeu para o atual prefeito, Luiz Antonio Aparecido Garbuio.
O empresário candidato disse que não enfrentou preconceito por pleitear um cargo eletivo sem ser nascido no município. “Não existe esse preconceito, as pessoas me recebem muito bem e gostam de ver o interesse pelo desenvolvimento de Analândia”, afirma ele, cujo programa de governo tem como principais propostas ações para geração de empregos, soluções para a saúde e também o impulso ao turismo.
Ontem, via e-mail, por meio de um aliado, Ulson disse estar grato pela confiança e companheirismo da população de Analândia. “Vamos trabalhar unidos com o povo para fazer uma administração com justiça e paz para nossa cidade. Buscaremos desenvolver Analândia com sustentabilidade, gerando emprego e renda, crescimento econômico e preservando os recursos naturais para as futuras gerações”. (Ana Maria Devides)

Paredão das urnas !



quinta-feira, 4 de outubro de 2012

PREFEITO DE CORINTO (MG) AFASTADO DO CARGO


O prefeito de Corinto (MG) e candidato à reeleição Nilton Ferreira da Silva acaba de ser afastado do cargo por corrupção.

A denúncia feita pelo jornalista investigativo Fábio Oliva, em nome da AMACOR – Amigos Associados de Corinto, foi investigada pelo Promotor de Justiça Paulo Márcio da Silva, da Procuradoria Regional de Combate a Crimes Praticados por Agentes Políticos Municipais, sediada em Montes Claros (MG).

Hoje pela manhã, vários carros da Polícia Federal e o promotor chegaram a Corinto e fecharam o cerco ainda a secretários municipais e outras pessoas envolvidas na compra irregular de ônibus escolares superfaturados.

terça-feira, 2 de outubro de 2012

Desesperados atiram nos pés !


Uma mulher, descrita como sendo “gorda e feia”, distribuiu ontem à noite a moradores dos bairros Jardim Progresso e CDHU, em Analândia (SP), documentos e CDs contendo falsas informações a respeito dos candidatos a Prefeito Rogério Ulson e a Vereador Rodrigo Balerini, bem como ao engenheiro agrônomo Vanderlei Vivaldini Júnior.

Trata-se, entre outros, de um vídeo que familiares do candidato da situação pagaram para que Sebastião Donizete dos Santos (Nanau) gravasse, supostamente atribuindo responsabilidade pela morte do Vereador Nalin aos três.

A família do Vereador Nalin considera essas atitudes como “atos de desespero”, já que não tem dúvidas de quem foram os verdadeiros responsáveis pela execução do grande cidadão, pai de família e homem público Evaldo José Nalin.

A mesma tramoia, de espalhar boatos e notícias desse tipo, já foi utilizada em outras eleições. Mas o povo de Analândia está escaldado e não cai mais na conversa fiada dessa cambada de ladrões e salteadores que se aboletou na Prefeitura Municipal.

Ficam algumas perguntas:

Se o material fosse verdadeiro, por qual motivo não divulgaram antes, só agora na véspera da eleição?

Se são inocentes, qual a razão para o Ministério Público ter recorrido ao Tribunal de Justiça de São Paulo para mandar a júri popular o acusado?

Por qual motivo nenhum membro integrante da família do acusado visitou a família do Vereador Nalin?

Porque tremem e ficam assombrados só de ouvirem o nome do Vereador Nalin?

A atitude de desespero que se vê agora não é a primeiro nem será o último ato de desonestidade dessas pessoas que passaram a vida mamando na Prefeitura de Analândia e não querem largar a teta.



segunda-feira, 1 de outubro de 2012

JUSTIÇA MANDA PENHORAR DINHEIRO DE RONALDO TANGERINO




O Juiz de Direito Daniel Scherer Borborema mandou penhorar 30% de todos os valores superiores a um salário mínimo que a empresa Ronaldo José Tangerino-ME recebe da Prefeitura de Analândia. As quantias penhoradas servirão para pagar cerca de R$ 14.000,00 que Tangerino (foto) foi condenado pela Justiça a pagar ao engenheiro agrônomo Vanderlei Vivaldini Júnior, a título de indenização por danos morais.

Atualmente a empresa Ronaldo José Tangerino-ME recebe cerca de R$ 7.000,00 por mês da Prefeitura de Analândia para transportar o lixo da cidade até o aterro sanitário de Guatapará. 
Leia abaixo o inteiro teor da decisão:

283.01.2011.000076-8/000000-000 - nº ordem 4/2011 - Procedimento do Juizado Especial Cível - Perdas e Danos - VANDERLEI VIVALDINI JUNIOR X RONALDO JOSE TANGERINO E OUTROS (obs: despacho resumido): este juízo passou a admitir a penhora, desde que em valor que não comprometa a subsistência do devedor, de percentual dos ativos em contacorrente e provenientes da remuneração percebida pelo devedor, ou de percentual da própria remuneração mediante desconto em folha, não obstante a regra do art. 649, inc. IV do CPC.Trata-se, aqui, de solução conciliatória, que aos poucos vem se firmando na jurisprudência do Egrégio Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, baseada no princípio da razoabilidade e na busca de se solucionar interesses igualmente legítimos em conflito... No caso concreto, o contrato de fls. 162/164 não permite saber quanto se paga, efetivamente, ao executado. Sendo assim, para que se garanta a subsistência do executado, determino
que a penhora corresponderá a 30% do que exceder a um salário mínimo. OFICIE-SE, pois, à PREFEITURA DE ANALÂNDIA, para que proceda CONTINUAMENTE ao BLOQUEIO e DEPÓSITO JUDICIAL de 30% do que exceder a um salário mínimo no
que tange aos pagamentos que efetuar ao executado, observando-se o limite TOTAL (soma dos pagamentos) de R$ 14.000,00, e VEDADA a pulverização, diluição ou divisão artificial dos pagamentos como modo de burlar o cumprimento desta. Int. - ADV JOSE ROBERTO CHRISTOFOLETTI OAB/SP 68444 - ADV JOAO ANTONIO FARIAS DE S R BATISTA OAB/SP 86814 - ADV VANDERLEI RODRIGUES TORRES JUNIOR OAB/SP 301786

Manifestação ! Saudoso Nalin !

 Mataram um homem, criaram um herói !
Nalin disse "Vou ajudar vocês a limpar Analândia desses corruptos " , o dia esta próximo Nalin !