quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

Justiça determina CPI para investigação de fraude em concurso

Denúncias apontam favorecimento de 5 vereadores em processo seletivo feito em 2010

11/01/2012 - 20:21
Alterar o tamanho da letra A-A+
A Justiça determinou, na terça-feira (11), que a Câmara de Vereadores de Analândia abra uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar as denúncias de irregularidades em um concurso público realizado em 2010.
A liminar foi concedida após um pedido do Ministério Público. Os vereadores Adriano Bezerra e Ricardo Balerini contam que, desde agosto, tentavam instaurar uma CPI para apurar o caso.
Como não conseguiram, levaram a denúncia à promotoria. Eles dizem que o requerimento para a comissão tinha assinaturas suficientes para abrir a comissão. Mesmo assim, foi colocado em votação pelo presidente da Câmara, Luiz Fernando Carvalho, e o pedido foi reprovado. “Regimento interno, lei orgânica e Constituição Federal que dizem que a CPI, com 1/3 dos vereadores, já teria que ser criada e ele não fez e colocou em votação”, disse Bezerra.
Foi o que entendeu o juiz Daniel Borborema. Pela liminar, a CPI deve ser aberta em até cinco dias, a partir da data de notificação.
A liminar também impede a participação de vereadores que foram supostamente favorecidos no concurso público. Com isso, apenas três vereadores podem participar da comissão. Dois deles, que pediram a abertura da investigação do caso na Câmara. “Os outros cinco vereadores que votaram contrários e que nós citamos no processo foram supostamente beneficiados através de esposa, filhos”, explicou o vereador Bezerra.
Agora, os vereadores esperam criar a comissão e ouvir todos envolvidos. “A nossa investigação independe do Ministério Público. Uma vez criada a CPI, ela passa a ter poderes de judiciário para fazer uma investigação que será remetida ao MP e, muito provavelmente, será usada como ferramenta para as atitudes cabíveis”, destacou o vereador Balerini.
O presidente da Câmara de Analândia, Luiz Fernando Carvalho, disse que não foi notificado pela Justiça e que só vai se pronunciar sobre o caso depois que isso acontecer.
O caso
A suspeita de fraude começou quando os vereadores Luiz Carlos dos Santos (Caqui) e Ângelo Antônio Bueno conseguiram boa colocação no concurso. De acordo com denúncias da Ong Amigos Associados de Analândia (Amasa) e do ex-presidente da Câmara, Leandro Santárpio, a aprovação teria sido facilitada para que votassem a favor da prefeitura.
O vereador Luiz Carlos dos Santos passou no concurso para encarregado de obras e serviços, com salário de aproximadamente R$ 1,7 mil. O MP pediu uma posição dele sobre o caso e eleconfirmou a denúncia de que a aprovação dele foi facilitada. Ele ainda chegou a defender a própria cassação, juntamente com os outros envolvidos.

6 comentários:

  1. Presidente da Camara

    Não sabe de nada não escutou nada fala nada.

    SR Nando infelizmente temos pessoas como vc que responde por nossa cidade.

    Em seus 20 anos como Vereador o que podemos dizer de sua legislatura...

    Nada pois não escuto nada pois vc não fez nada .

    Sabemos que neste periodo vc sempre sera o Cunhadão da rainha de bateria.

    Mais uma vez esta Administração coloca o nome de nossso Municipio em paginas não agradeveis.

    Devemos salientar e Paranebizar a ONG Amasa e os Vereadores atuantes de nosso municipio que lutam contra a Gangue da Rainha .

    Mais como só faltam 9 meses para a Eleição nossa resposta sera dada a estes politicos que envergonham Analandia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O duro galera....é sustentar essa corja....canalha....cuja unica função ...é viver em torno da Rainha Louca....O sr. Juiz...mais uma vez ...vai perceber que...o demente também está nesta parada.....E nossa lídima justiça mixa....vai analisar mais este caso....E tuuuuuuudo fica como está....Eta Brasilsão facilitado....

      Excluir
  2. DIN.. DIN..OBRIGADO12 de janeiro de 2012 08:06

    RECORDAR É VIVER Á DENÚNCIA FOI FEITA EM DOIS ORGÃOS ANTES DE REALIZAR O FAMOSO CONCUESSO O QUAL FOI DADO NOME DOS BOIS...BOIS...DESCULPEM SEM VERGONHAS, SERES QUE SE JULGAM HUMANOS E DIN ..DIN..DIN.. NO BOLSO.

    ResponderExcluir
  3. SÓ QUERO SABER:JOÃOCARNE, FILHO APROVADO...TONINHO CALVACANTE FILHO APROVADO...VEREADOR CAQUI RÉU CONFESSO...PIÇOCA ESPOSA PASSOU E RECEBEU, DIM..DIM..BUENO KKKK ENCARREGADO, QUANTOS SOBRAM....DONDIEGO ,RODRIGO,BEZERRA...CASO DE CASSAÇÃO.....

    ResponderExcluir
  4. caso seja confirmada a fraude eu vou requerer meu dinheiro da inscrição e dos gastos da locomoção e segundo meu advogado solicitar indenização por danos morais.

    ResponderExcluir
  5. garota bossa nova....24 de fevereiro de 2012 23:38

    esta CPI sai ou naõ, o povo quer saber. Voces coloca no blog o problema e depois esquece. mas como voces mesmo diz o povo tem memoria, Quermos uma respoeta tem muita gente interessada em saber.E mais uma que termina em pizza?

    ResponderExcluir

Aqueles que desejarem citar nomes deverão se identificar, pois todos tem direito de defesa e de resposta.
Mas ressaltamos que comentários caluniosos, não serão publicados.
Aproveite este espaço que é seu, usando da melhor maneira!
O Blog Unidos Por Analândia é instrumento sério que busca a verdade e o bem da população Analandense abrindo esse espaço para manifestações e informações!!!