sábado, 6 de março de 2010

Vereador Adriano Bezerra solicita informações sobre publicações


O vereador Adriano Bezerra, apresentou requerimento solicitando informações do poder Executivo municipal, sobre publicação de movimentação do caixa da prefeitura:

- Conforme art. 85, inciso I, da Lei Orgânica Municipal, o Prefeito fará publicar, diariamente, por edital, o movimento de caixa do dia anterior.

- O vereador ainda explica que é importante para ele esta informação, pois o art. 46 desta mesma lei atribui ao legislativo à fiscalização contábil, financeira e orçamentária do Município.

9 comentários:

  1. Cidinha Marcondes6 de março de 2010 15:34

    É caro vereador se fosse respeitado o art.85,Inciso I, da lei Orgânica Municipal, com certeza saberíamos quanto foi o valor roubado da Prefeitura e que até agora ninguém sabe como vai a investigação. É preciso fiscalizar mesmo e fazer valer a lei. Bom trabalho.

    ResponderExcluir
  2. Parabéns Adriano por estar atento a lei.
    Precisamos somente o cumprimento da lei, que seja uma lei para todos.
    Os representantes do povo tem que dar o exemplo, eles devem ser os primeiros a cumprir as leis, mas pelo que vemos não é isso que está acontecendo.

    ResponderExcluir
  3. INFELIZMENTE PARA O LEGISLATIVO MUNICIPAL, A REVOLUÇÃO DE 1964, RETIROU MUITOS DOS PODERES DE UMA CAMARA DE VEREÁDORES, INCLUSIVE O DE LEGISLAR SOBRE MATÉRIA QUE INCORRA EM ONUS SOBRE OS COFRES PÚBLICOS. DEIXOU APENAS O DIREITO DE FISCALIZAR O ATOS DO EXECUTIVO E LEGISLAR SOBRE PEQUENAS MATÉRIAS É UMA PENA, PORÉM FISCALIZAR O EXECUTIVO É UMA MATÉRIA QUE NÃO SE DISCUTE, POIS É FUNDAMENTAL NUMA DEMOCRACIA, SÓ QUE AQUI EM ANALÂNDIA, NEM ISSO O SENHORES VEREADORES, COM EXCESSÃO DOS TRES MOSQUETEIROS, QUEREM FAZER. AINDA BEM, QUE EXISTE UM ADRIANO, UM BALERINE E UM NALIM E AS VEZES ATÉ UM SANTARPIO. MAS É POUCO. PARABÉNS SR, ADRIANO POR TER A CORAGEM DE FAZER PREVELECER A LEI MAIOR DO MUNICIPIO QUE É A LEI ORGÂNICA. qUERO VER AGORA A ATITUDE DOS OUTROS CARAS DE PAU, QUE NADA FAZEM ALÉM DE OBEDECER O ZÉ E USUFRUIR DO DINHEIRO PÚBLICO, TRABALHANDO CONTRA A MAIORIA DA POPULAÇAO.

    ResponderExcluir
  4. Sr Vereador Adriano, parabéns pelo requerimento solicitado, mas como sou um cidadão Analandense e vejo o que esta acontecendo, quero tb avisar, o Sr esta vendo que o Zé ja esta fazendo campanha?? ja tem titulos transferidos? inclusive faz isso com o veiculo da prefeitura, isso pode? Vcs nao vao querer perder mais uma eleiçao para os fantasmas vão?
    Qd vcs vao tomar providencias???????

    ResponderExcluir
  5. Senhores membros da ONG quero fazer uma pergunta, como cidadão Analandense, como uma ex funcionaria que se dizia voluntaria e que alguns meses atras ficou doente ou melhor a memoria fugio, consegue se afastar pelo INSS por 03 meses e agora por mais 06 meses isso pode????
    Preciso de um esclarecimento pois o que sei que so consegue se afastar quem esta com registro em carteira nao é isso? será que estou errado? Senhores da Ong isso nao seria um caso a investigar?
    Aguardo resposta

    ResponderExcluir
  6. Caro anonimo, referente as transferências vou começar a fiscalizar neste sentido também, entretanto as transferencias realizadas neste ano, não são tão preocupantes pois com certeza teremos recadastramento no ano de 2011, ai apartir do inicio de 2012 teremos que fiscalizar no cartório , pois ai o Zé tentara levar todos os que nao fizeram o recadastramento.

    ResponderExcluir
  7. Não podemos esperar até o recadastramento é importante que comecemos desde agora a tomar algumas providências,principalmente se o Chefe de Gabinete esta levando com veículos do Município.

    ResponderExcluir
  8. PREZADO VEREADOR ADRIANO,PELO QUE TENHO OUVIDO O NEGÓCIO É PIOR DO QUE SE PENSA. pELO QUE OUVI DIZER POR AÍ JÁ JÁ O NÚMERO DE ELEITORE SERÁ O DOBRO DE HABITANTES NA CIDADE, O PIOR QU VOCÊ NÃO VÊ ESSE PESSOAL GASTANDO NO NOSSO COMÉRCIO. OLHO VIVO E FARO FINO.

    ResponderExcluir
  9. Quanto ao caso da funcionária em questão eu sei que há muito era funcionária da prefeitura, trabalhando inclusive no hospital como atendente, se esta não era concursada era apenas contratada,tem que haver um registro desse período em que esteve contratada, se estava como voluntária e nada recebia da Prefeitura( o que é improvável) há a hipotese de que ela pagava seu INSS como autônoma, daí sim, o afastamento seria possível como beneficiária. É preciso ver se ela não constava na folha de pagamento realmente ou se é uma daquelas verbas que saiam da educação para pagar funcionários de outras áreas como exemplo motorista que estão lotado na Educação e os "voluntários" que são pessoas que precisam de salários para sobreviver pelo que nos conta são pessoas que dependem de remuneração. Voltando ao caso da funcionária é só verificar junto ao INSS a situação da beneficiária. Que os senhores vereadores fiscalizem a fôlha de pagamento e não sendo possível recorram ao Ministério Publico.

    ResponderExcluir

Aqueles que desejarem citar nomes deverão se identificar, pois todos tem direito de defesa e de resposta.
Mas ressaltamos que comentários caluniosos, não serão publicados.
Aproveite este espaço que é seu, usando da melhor maneira!
O Blog Unidos Por Analândia é instrumento sério que busca a verdade e o bem da população Analandense abrindo esse espaço para manifestações e informações!!!