domingo, 27 de junho de 2010

Fraudes em Urnas Eletronicas ?

Sou coordenador do Site Fraude Urnas Eletrônicas e moderador do Grupo de Discussão com mesmo nome. De forma resumida, vou passar para vocês algumas informações sobre o movimento nacional.
Aconteceu em Santa Bárbara/MG uma eleição muito estranha. O resultado divergiu totalmente da realidade de campanha. Após as Eleições 2008, começamos a pesquisar e detectamos, através dos logs, algumas inconsistências assustadoras. Desde o ocorrido, iniciamos uma pesquisa sobre o assunto. Tudo era novo. Ninguém conhecia nada a respeito: nem a equipe, nem o povo. Confirmamos as inconsistências e começamos a divulgar. Fomos chamados de loucos até o dia que saiu uma reportagem sobre o caso Caxias (MA) na TV Bandeirantes. Daquele dia em diante, tivemos a certeza que não tinha acontecido somente conosco. Na mesma semana, encontramos um grupo de 32 cidades no Sul de Minas que também estavam denunciando a fraude nas urnas. Semanas mais tarde, organizamos o 1o. Encontro Nacional de Cidades com Suspeita de Fraude. Foi um sucesso, contamos com a presença de representantes de 48 municípios, totalizando 6 estados brasileiros.

Foi assim que nasceu o Movimento Nacional pela Transparência e Segurança do Voto Eletrônico e o Site Fraude Urnas Eletrônicas : pessoas que tinham certeza que alguma coisa de anormal aconteceu dentro das urnas eletrônicas.

O próximo passo foi o convite para participar do debate sobre fraude em urnas na Assembléia Legislativa de São Paulo. Ficamos completamente assustados com tudo que presenciamos lá - tanto que cheguei a concluir que se trata é de uma quadrilha nacional. Voltamos a nos reunir no Sul de Minas. Participaram os candidatos fraudados - estávamos dispostos a iniciar uma briga judicial. Entretanto, após ver o laudo parcial da Polícia Federal e o posicionamento do TSE no caso Caxias MA, concluimos que a Justiça Eleitoral JAMAIS iria assumir a fraude, afinal de contas, são 14 anos de voto eletrônico. Diante da ineficiência da via judicial, partimos para a via popular.

Na época que iniciamos, já existia os Grupos de Discussão Voto Seguro e Voto Eletrônico, coordenados pelo engenheiro Amilcar Brunazo. Ambos possuem como foco a análise técnica do tema e alguns membros, inclusive o coordenador, prestar serviços para partidos políticos. Entretanto, o Site Fraude Urnas Eletrônicas surgiu como forma diferenciada em relação a estes.

a) Priorizamos a popularização do tema, evitando o uso de complexas explicações técnicas, afinal a possibilidade de fraude é indiscutível, menos com o TSE;

b) Procuramos identificar a sensibilidade da população para o assunto: acreditamos que se uma pessoa duvida do sistema, ela tem o direito de duvidar e de querer que este sistema seja adaptado para proporcionar o seu melhor entendimento. Em se tratando de democracia, não é o cidadão que deve aprender todas as teorias de segurança de dados e sim o sistema se adaptar à realidade do eleitorado;

c) Acreditamos na possibilidade de sucesso de nosso trabalho, atraves da divulgação do tema e possível projeto de lei de iniciativa popular.

d) E, por fim, temos certeza absoluta que ocorreram várias fraudes durante as Eleições Municipais de 2008 - não pela teoria, mas pela prática vivenciada.

A nossa primeira grande vitória, foi a aprovação em 2009 da Lei Nº 12.034/2009 que obrigará o TSE a adaptar as urnas eletrônicas para, a partir de 2014, imprimir o comprovante do voto - essa lei ficou conhecida por Lei do Voto Impresso. Ressalto que a mídia está tentando deturpar o entendimento da lei. Principalmente o artigo 5º, que trata diretamente do voto impresso. O termo "comprovante de votação" tem contribuído negativamente, já que estão fazendo analogia direta com os comprovantes bancários, em que o cidadão leva para casa.

Como será o voto impresso: [a] o eleitor vota [b] confere o voto no visor da urna eletrônica [c] confere o voto impresso, através de um visor transparente, sem contato com o papel [d] se correto, confirma o voto - ele cairá dentre de uma urna lacrada [e] se errado, inicia novamente. O eleitor não terá contato físico direito com o voto impresso - este servirá apenas para conferência posterior dos resultados.

Vendo o crescimento Movimento Nacional pela Transparência e Segurança do Voto Eletrônico, o TSE forjou, em 2009, um suposto teste de segurança nas urnas eletrônicas. Este assunto está melhor explicado nos artigos O Teste de Segurança das Urnas, os hackers e o TSE (Parte 1) e O Teste de Segurança das Urnas, os hackers e o TSE (Parte 2). Durante os testes promovidos pelo TSE, um especialista ganhou o prêmio por descobrir os votos que estavam sendo digitados na urna eletrônica apenas utilizando um receptor de rádio barato.

Acredito que, infelizmente, vivenciamos uma falsa democracia, onde a esmagadora maioria dos cidadãos brasileiros desconhecem a realidade do nosso sistema eleitoral. Isso se deve à blindagem deste assunto: seja pela falsa imagem transmitida pelo TSE ou mesmo pela ineficência da mídia de contestar estas informações (veja O antes e o depois das reportagens sobre fraudes nas urnas eletrônicas).

Outro fator muito importante a ser destacado é a imagem das urnas eletrônicas brasileiras no exterior. Holanda, Alemanha e vários estados norte-americanos aboliram seu uso na constituição. Por outro lado, mais de 50 países vieram conhecer nosso sistema eleitoral eletrônico e nenhum deles utilizou. Aliás, o Paraguai recebeu 15 mil urnas eletrônicas emprestadas pelo Brasil para que fossem testadas. Após comprovada fraude, o sistema foi proibido no país e as urnas devolvidas ao Brasil.

Fica aqui o convite para a participação em nossas discussões. Estamos a disposição para união de forças e resgate da democracia brasileira. Lembro que este movimento é autônomo, sem vinculos partidários. Nosso único objetivo é a causa popular e nossa maior ferramenta é a informação.

Abraços,

Luciano Arcanjo de Melo

Coordenador da Equipe FUE-Fraude Urnas Eletrônicas

E-mail de contato: fraudeurnaseletronicas@yahoo.com.br

Site: www.fraudeurnaseletronicas.com.br

11 comentários:

  1. É, não faltava mais nada, agora esta, da fraude das urnas.Santa Maria, onde vamos parar? O povo é enganado de tudo quanto é jeito. Será que Analândia está fora desta?

    ResponderExcluir
  2. Tenho certeza absoluta de fraudes nas urnas em Analândia.

    ResponderExcluir
  3. Eu já havia lido sobre a fraude nas urnas eletrônicas e também sou da opinião de que aqui em Analândia também houve fraude, uma vez que tinha funcionários da prefeitura convocados oficialmente para trabalhar, tanto que uma funcionária nos relatou vários fatos. Espero que a justiça continue investigando pois há denuncias a respeito.

    ResponderExcluir
  4. Imagine que aqui teria isso.....Aqui é um santuario de praticas regulares....Na eleição passada eramos chamados de Fraudelandia....

    ResponderExcluir
  5. O problema caros eleitores não são as urnas e sim nossos conhecidos eleitores fantasmas que infelizmente fizeram o Ruinzinho ganhar esta eleição e elegeram mais da metade da Camara de Vereadores precisamos coibir o mais rapido possivel estes sangue suga da politica Analandense .
    Sr Promotor se fizer uma varredura nestes eleitores vera que moram em residencias que não existem em sitios desabitados e fazendas fantasmas.
    Precisamos URGENTEMENTE de intervenssão em nosso municipio.

    ResponderExcluir
  6. PARA QUE FAZER RECADASTRAMENTO,POR NÃO SEI QUANTAS VEZES, IMAGINEM O DINHEIRÃO QUE NOS CUSTAM ESTES RECADASTRAMENTOS, SE DEPOIS O RESPONSÁVEL PELO RECADASTRAMENTO SEGUER VEM VERIFICAR ONDE MORAM ESTAS PESSOAS. eM CADA CASA MORAM DEZ FAMÍLIAS OU MAIS.FAÇA-ME O FAVOR NÃO SR JUIZ ELEITORAL, TEM QUE DAR PROSSEGUIMENTO NAS INVESTIGAÇÕES. SERÁ QUE OS SRS NÃO SABEM DISTO. ISTO ATÉ UMA CRIANÇA SABE. OU VOCES IMAGINAM QUE SOMOS TODOS TOLOS E PALHAÇOS. VENHAM CONFERIR OS ENDEREÇOS. OU VOCÊS SÃO "CONVENCIDOS" A NÃO VIREM??????????

    ResponderExcluir
  7. ´CA NESTAS TERRAS NÃO PRECISAS DE FRAUDES NAS URNAS O ZÉ-EX, E SUES CAPANGAS JÁ FRAUDAM PESSSOALMENTE MESMO

    ResponderExcluir
  8. e por falar em fraude....Quanto é que Analandia manda para o cartório eleitoral como contribuição....Isso está na LDO DO Municipio...Só que o valor necas...

    ResponderExcluir
  9. PAULO HENRIQUE FRANCESCHINI29 de junho de 2010 18:59

    OS FANTASMAS EM ANALANDIA SÃO CONHECIDOS.VARGINHA-MG- FICOU FAMOSA PELO ET E ANALANDIA HOJE É CONHECIDA PELOS FANTASMAS. ISTO É FATO E TODOS SABEM!! AS URNAS "MANIPULADAS" PODEM ESTAR FAZENDO COMPANHIA AOS FANTASMAS, A CADA 4 ANOS, AQUI EM ANALANDIA. ALGUEM DUVIDA DISSO? EU NÃO DUVIDO E ACREDITO QUE ESTAMOS SENDO VITIMAS DE MAIS ESSA POUCA VERGONHA!!! PARABENS AOS QUE ESTÃO BOTANDO O DEDO NESSA FERIDA....

    ResponderExcluir
  10. EM ANALANDIA QUANDO A RAINHA DA BATERIA FOI ELEITO ; SR. CARLOS DA FAZENDA TOCA VOTOU, SÓ VERIFICAREM ELE HAVIA FALECIDO... QUEREM MAIS......

    ResponderExcluir
  11. O que voce dizem quando no dia da eleição a urna logo de manhã é transportada de uma escola para outra em carro particular de pessoa camarada do prefeito.

    ResponderExcluir

Aqueles que desejarem citar nomes deverão se identificar, pois todos tem direito de defesa e de resposta.
Mas ressaltamos que comentários caluniosos, não serão publicados.
Aproveite este espaço que é seu, usando da melhor maneira!
O Blog Unidos Por Analândia é instrumento sério que busca a verdade e o bem da população Analandense abrindo esse espaço para manifestações e informações!!!