sexta-feira, 4 de novembro de 2011

Mulheres acusam policiais militares de abuso de autoridade e agressão Gravação mostra voz, que seria de Sargento Marchizelli, incentivando suposta violência.

Baixe o Adobe Flash Player

EPTV

Duas mulheres acusam policiais militares de abuso de autoridade e agressão, após a prisão do filho de uma delas na segunda-feira (31), em Analândia. Apesar disso, os pms dizem que foram desacatados.

A dona de casa Gilmara Aparecida Miletta e a auxiliar administrativa Carla Oliveira estão com medo. “Temo pela minha família também, tantos casos aí, seria mais uma na estatística”, disse Gilmara.

De acordo com elas, tudo começou quando o filho de Gilmara foi detido com um soco inglês. Com temor de que o rapaz fosse agredido pelos policiais, ela e a amiga ameaçaram levar ao conhecimento da corregedoria da PM qualquer abuso de autoridade.

Segundo Carla, por causa disso recebeu voz de prisão por desacato. Ela diz ainda que o policial teria torcido o braço dela.

Desce o "pau"

Ainda segundo a versão das mulheres, a confusão aumentou quando o comandante da Companhia da Polícia Militar, o sargento André Alexandre Marquezelli chegou a local com a mulher dele Michellyne da Silva Rocha, que teria agredido Carla.

Em uma gravação, é possível ouvir uma pessoa pedindo providências ao policial depois da suposta agressão.

Mulher: Você deixou ela me agredir
Homem: Ela encostou a mão em você?
Mulher: Encostou aqui

A discussão continua, até que o sargento dá a ordem. “Michelynne, faz favor, desce o “pau” nela porque agora eu estou deixando. Desce o “pau” nela!”, disse.

Imagens feitas com um celular mostram Carla sendo levada para a viatura. Gilmara também recebe ordem de prisão por desacato.

Outro lado

O sargento Marquezelli não foi autorizado a gravar entrevista, mas disse que em nenhum momento houve abuso de autoridade. A mulher dele diz que não agrediu Gilmara e Carla. “Eu fui agredir ela e ele me segurou e não deixou. Em nenhum momento eu agredi ela”, disse.

As gravações foram encaminhadas para a perícia. Segundo o delegado José Francisco Minelli, se ficar comprovado que a voz que dá ordem de agressão é mesmo do sargento da PM, ele poderá responder por abuso de autoridade.

fonte: http://eptv.globo.com/emc/VID,0,1,48717;2,duas+mulheres+acusam+policiais+militares+de+abuso+de+autoridade+e+agressao+em+analandia.aspx

14 comentários:

  1. Que tal aproveitar a deixa e dar uma agitada no blog?

    Quem quiser ajudar é só mandar matérias para o email cidadeanalandia@yahoo.com.br!

    ResponderExcluir
  2. O policial envolvido nessa matéria disse que teríamos que ver vídeo todo para ver o que realmente aconteceu. Bom, mesmo que essas mulheres estivessem errada, e se realmente ele foi "provocado"de uma certa maneira, o policial está errado, pois caiu na provocação. Sempre ouvi dizer que nunca temos que cair nas provocações pois acabamos perdendo a razão, não importando o contexto da situação.
    Então, independentemente do que aconteceu, o policial, no meu ponto de vista, abusou de sua autoridade pedindo a sua mulher que "descesse o pau" (palavreado terrível heim), pois incentivar a violência não pode partir de uma pessoa que se diz zelar e cuidar de nossa cidade.

    ResponderExcluir
  3. Debaixo desse angú ainda tem mais desfecho, vamos aguardar o andamento, se alguns fatos vier a tona, vocês verão que na cidade ainda há mais cacique do que índio rsrsrsrs.

    ResponderExcluir
  4. não apareceu na gravação ou cortaram a voz da esposa do PM amor, prende ela, amor prende ela e ai saiu a voz de prisão. Coisa de locô sô , o PM em sua hora de almoço cria o maior barraco e ainda manda a esposa descer o pau na moça, essa é a cidade de Analândia desce o pau pq eu sou a "autoridade" parece que isso pega sai xou xou xou satanás.

    ResponderExcluir
  5. Olha, eu conheço o André a muitos anos,é boa gente, mas infelismente aqui em Analândia ele não esta fazendo um bom trabalho, até por que se deixou levar por forças maiores, claro, abaixa a cabeça para tudo, pois teme e não sai bom trabalho, é , tudo tem um preço!

    ResponderExcluir
  6. E não pense que isso vai dar alguma coisa, pois aqui se rouba e mata pessoas e nada acontece.

    ResponderExcluir
  7. Defendendo a verdade:
    Não importa qual seja a pessoa,se houve abuso tem que ser punido, mesmo porque é representante do povo

    ResponderExcluir
  8. Esse policial não é o mesmo que dá aula para os alunos sobre drogas e violência? Se não é, já foi porque meu filho já participou de uma formatura e a classe dele fez homenagem. Se ele continua deve ser afastado. O que ele vai falar para os alunos? Hoje em dia a molecada ta esperta. Eles não perdem nada. O que ele vai falar? Que ele pode usar do uniforme e os outros não? Não conheço as mulheres, mas com certeza ele perdeu a razão na hora que caiu na delas. Se tem cargo de comandante é pior ainda. Como vai cobrar respeito dos outros policiais?

    ResponderExcluir
  9. ABENÇOADO POR DEUS8 de novembro de 2011 19:37

    É... Já se foi a epoca em que moradores de São Carlos e região iam até a Saudosa Analândia se divertir. Agora matam a saudade vendo pelos telejornais as amarguras do já sofrido povo. Não bastavam a desvairada classe politica, agora, a PM mostra tambem seus dentes e ESPOSAS... Pobre Analândia

    ResponderExcluir
  10. AGORA A CASA CAIU , TAVA DEMORANDO PRA ISSO ACONTECER , ELE SEMPRE QUIS SE MOSTRAR O CORRETO , Q NAO COMETE ERROS , MANDOU MULTAR E PRENDER ALGUNS CARROS ,SIMPLESMENTE POR NAS GOSTAR DA PESSOAS , O PODER TEM Q SER APRECIADO COM MODERAÇAO RS , NAO PODE QUERER MANDAR E DESMANDAR NA SOCIEDADE , VC RECEBE O SALARIO DO POVO PRA MANTER A ORDEN E NAO PARA MANDAR A SUA ESPOSA "DESCER O PAU " NA OUTRA CIDADÃ , É UM GRAVE ERRO DE CONDUTA Q TEM Q SER PUNIDO COM TODO O RIGOR DA LEI

    ResponderExcluir
  11. CORREGEDORIA NELE EM SP,12 de novembro de 2011 10:07

    VCS. QUEREM ACREDITAR EM UM PATO ...SABOREIAM NO NATAL ...CARROS SEM CONDIÇÕES ETÁ PATO..VIZINHO E AMIGOS QUE USAM E VENDE DROGAS..ETÁ PATO ...CORRETO...KKKKKKK

    ResponderExcluir
  12. joven
    como todos de analandia e região,puderam constatar por gravaçoes que não ocorreu desacato algum.este sargento gosta de mostrar serviço com pessoas de bem.mas com que intenção a mulher dele pediu a prisão da moça? temos uma sargenta em nossa cidade.

    ResponderExcluir
  13. gilmara
    eu como uma das vitimas;agradeço a todos que mandaram os seus comentarios pois tudo que aconteçeu esta mais do que claro. em momento algum aconteçeu desacato.

    ResponderExcluir
  14. ÀS VEZES A CASA CAI, NÉ...24 de novembro de 2011 00:57

    LÁ VEM O PATO PATATI PATACOLÁ, LÁ VEM O PATO PARA VER O QUE QUE HÁ..... PERGUNTO LÁ NAS SESSÕES DA CÂMARA VOCÊ TRATA OS POLÍTICOS DA MESMA FORMA QUE TRATA OS CIDADÃOS COMUNS , QUE VÃO ATÉ AQUELA CASA, QUE É DA POPULAÇÃO, QUE PAGA REGIAMENTE OS SALÁRIOS DOS POLÍTICOS E OS SEUS TAMBÉM???????????
    DE QUE LADO FICA????? NÃO PRECISA RESPONDER, AQUI A GENTE MESMO PERGUNTA E A GENTE MESMO RESPONDE.
    NÃO SOMOS BOBOS, SÓ SOMOS HONESTOS, MAS ENQUANTO VOCÊS ESTÃO INDO COM O MILHO JÁ ESTAMOS VOLTANDO COM O FUBÁ.....
    ANOS DE PRAIA, SUPORTANDO CORRUPTOS, NOS DÁ ESTÁ RAPIDEZ...

    ResponderExcluir

Aqueles que desejarem citar nomes deverão se identificar, pois todos tem direito de defesa e de resposta.
Mas ressaltamos que comentários caluniosos, não serão publicados.
Aproveite este espaço que é seu, usando da melhor maneira!
O Blog Unidos Por Analândia é instrumento sério que busca a verdade e o bem da população Analandense abrindo esse espaço para manifestações e informações!!!