sábado, 19 de março de 2011

Comentário pra lá de pertinente do jornalista Ricardo Kotscho

Japão e o perigo atômico

“Para se tornar a segunda potência econômica mundial (posição que perdeu no ano passado para a China), o Japão correu o risco de espalhar usinas nucleares pela sua costa. Agora, embora seja considerado o país mais seguro nesta área, o mais preparado para enfrentar eventuais catástrofes, a cada dia o país se vê mais vulnerável.
Se o pior não acontecer, só com os danos já registrados a reconstrução do Japão está orçada em US$ 180 bilhões. Não se sabe ainda quantos milhares de vidas humanas terão sido tragadas pelas águas.
Será este o preço do progresso? Não será o caso de se repensar os rumos da economia mundial, investir em novas fontes de energia mais seguras, lembrar que não viemos ao mundo só a trabalho?
Afinal, houve um tempo em que sobrevivemos sem entupir nossas ruas de carros (já vou logo respondendo que decidi vender o meu, que está encostado na garagem) e os céus de aviões e helicópteros, sem ocupar todo espaço urbano com concreto, sem poluir as águas e o ar, sem acabar com as matas para consumir tantos supérfluos e comer tantas porcarias.
Não, não sou um dinossauro contrário à evolução da humanidade, às novas descobertas da ciência e ao progresso tecnológico. Só acho que um país não pode pensar apenas no crescimento do PIB, o Produto Interno Bruto, que mede tudo o que produzimos.
Com o coração na mão, de olho na fumaça que sai das usinas nucleares no Japão, deveríamos todos nos preocupar mais com a vida dos cidadãos deste planetinha, que é ainda a maior riqueza que temos, e da qual só nos lembramos quando estamos na iminência de perdê-la.
Tarda, mas ainda é tempo de mudar o rumo e investir mais na felicidade do que na produção, no ser do que no ter, no amar do que no concorrer, na solidariedade do que no confronto, na vida do que na morte.” 
http://alhoeolho.blogspot.com/2011/03/japao-e-o-perigo-atomico.html

2 comentários:

  1. CIDADÃ INCONFORMADA COM A BURRICE DOS HOMENS...20 de março de 2011 17:23

    NÃO PODERIA SER ESTA MATÉRIA,NUM MOMENTO MAIS OPORTUNO, CATÁSTROFES E MAIS CATÁSTROFES. QUEM SABE SOBRE O QUE OCORREU EM CHERNOBIL NA ANTIGA UNIÃO SOVIÉTICA, A TEMPERATURA ENTORNO DA USINA DESTRUIDA ERA DE 3000º CELSIUS, A DESTRUIÇÃO IMEDIATA QUE DESTRUIU CIDADES E CIDADES PARA SEMPRE, E AS CONSEQUÊNCIAS NA MUTAÇÃO GENÉTICA NAS PESSOAS E NOS BEBÊS QUE NASCERAM DEFEITUOSOS, É DE ESTARRECER, EU NÃO CONSIGO COMPREENDER COMO OUTROS PAISES AINDA, PENSAM EM USINAS NUCLEÁRES, É MUITO,MUITO PERIGOSO...É UMA FORÇA INIGUALÁVEL... QUE ELES NÃO TEEM CONTROLE, ESTAMOS TODOS VULNERÁVEIS, SUJEITOS A UMA SÉRIE DE CATÁSTROFES NUCLEÁRES...
    ESTES ENSINAMENTOS DEVERIAM SER MINISTRADOS COM BASTANTE ENFASE PRINCIPALMENTE NAS ESCOLAS, PARA QUE ESTES JOVENS QUANDO CRESCEREM NÃO ACEITEM PARTICIPAR DESTES TIPOS DE PROJETOS, QUE SE VIRAM CONTRA ELES PRÓPRIOS..
    E DO JEITO QUE VÃO AS COISAS, SERÁ QUE SOBREVIVEREMOS ATÉ LÁ???...

    ResponderExcluir
  2. Até quando esse pessoal vai mamar nas nossas custas? Esses bandidos? Pior de tudo é ouvir de pessoas que você sabe que esta so recebendo seu dinheiro falar que é contra o BP. Cade o vice prefeito? O cara é tao lento mas tão lerdo que anda na cidade em primeira e segunda marchas, pra que engatar a terceira ele não tem o que fazer. O maior trabalho que ele tem é pegar seu gordo salario no final do mes. E pelo visto o memso é do seu tamanho.
    Vamos colocar essa corja para fora pois esperar que eles trabalhem vai ser uma coisa impossivel.

    ResponderExcluir

Aqueles que desejarem citar nomes deverão se identificar, pois todos tem direito de defesa e de resposta.
Mas ressaltamos que comentários caluniosos, não serão publicados.
Aproveite este espaço que é seu, usando da melhor maneira!
O Blog Unidos Por Analândia é instrumento sério que busca a verdade e o bem da população Analandense abrindo esse espaço para manifestações e informações!!!